Central de atendimento

0800-020-2866

Conheça o Blog

Confira as novidades da UP Gestão

Dicas de Gestão Financeira Empresarial

Dicas de Gestão Financeira Empresarial para deixar sua empresa em ordem

Não é segredo que uma boa gestão financeira pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma empresa. Por isso hoje disponibilizaremos dicas de gestão financeira empresarial.

Dentre eles, precisamos de um bom sistema de gestão que lhe disponibilize dados certeiros e confiáveis, e que lhe ajude nas tomadas de decisões necessárias para alavanca seu negócio.

Além disso, é importante fazer um planejamento financeiro. Ou seja, entender as principais dificuldades que sua empresa está tendo, assim como quais despesas são necessárias e quais não são.

Veja neste artigo dicas de gestão financeira empresarial, assim como conceitos importantes para se ter uma boa saúde financeira.

Dicas de Gestão Financeira Empresarial

Como anda a gestão financeira de sua empresa? As contas tem fechado corretamente ou anda faltando grana no caixa?

O dinheiro, quer dizer, a falta dele, é sem dúvidas o maior pesadelo de qualquer empresário.

Junto ao início de cada mês, começa um ciclo das vendas, e junto a ele, as temíveis despesas.

Honrar os compromissos das contas a pagar é sem dúvidas o maior desafio.

Ver aquele monte de boletos vencendo, força o empresário a se afundar nos juros das contas não pagas, ou então a tomar medidas drásticas como antecipação de recebíveis ou empréstimos.

Se o seu caixa costuma sempre ficar no vermelho, não entre em pânico, saiba que é possível com um bom planejamento e disciplina, traçar objetivos para deixar tudo em ordem.

Para isto, é importante fazer o controle financeiro de sua empresa.

Quer saber como? Confira nos tópicos abaixo, dicas de gestão financeira empresarial:

  • A importância de um bom Planejamento financeiro
  • Erros mais comuns
  • Provisionamento das Despesas de Contas a pagar
  • Previsibilidade nas Receitas e Conferência no Fluxo de Caixa
  • Conciliação bancária
  • Ferramenta para automação dos processos

Dicas de Gestão Financeira Empresarial: A importância de um bom Planejamento Financeiro:

Segundo pesquisas do SEBRAE, no Brasil, a cada 4 empresas abertas, uma fecha suas portas antes mesmo de completar seus 2 anos de atividades, as principais causas narradas por estes empresários são:

  • Dificuldades na captação e falta demanda de clientes
  • Pouco capital de giro
  • Inexperiência com administração
  • Altos encargos tributários
  • Forte concorrência

Entender sobre o seu mercado, estudar seus concorrentes, e conhecer bem os seus produtos ou serviços é de fato um fator de sucesso para seus negócios.

Porém, não saber administrar o financeiro, independente do tamanho de sua empresa, ou do segmento em que atua, pode significar o fracasso.

Portanto, é imprescindível aplicar o planejamento financeiro estruturado e acompanha-lo diariamente.

Se você se identificou com este perfil, fique tranquilo, pois não é tão complicado quanto parece.

O que é preciso fazer é, entender e aplicar na rotina de sua empresa, as dicas contidas neste artigo.

É natural que sua empresa já siga alguns procedimentos, concentre-se em revisa-los, tendo a certeza de que realmente estão sendo feitos de forma correta, por mais óbvio que pareça.

Afinal, ter processos bem definidos e uma rotina organizada é essencial para uma boa gestão financeira empresarial.

Receita previsível na gestão financeira
Análise de gráfico na gestão empresarial

Dicas de Gestão Financeira Empresarial: Erros mais comuns

“Iniciar um empreendimento sem um Plano de Negócios, é como navegar sem mapa.”

A ansiedade em começar logo algo novo, faz com que os empresários partam para a ação, desprezando planejamentos iniciais de suma importância.

Iniciar um empreendimento sem um Plano de Negócios, é como navegar sem mapa.

Assim, o esperado torna-se inesperado e o que eram para ser tomadas de decisões inteligentes e pensadas, se tornam ações desesperadas e inconsequentes.

Muitos negócios são originados a partir de uma reserva financeira pessoal cultivada por anos, isto entra como capital inicial para os primeiros investimentos em compras, reformas, decoração, e aí falta o capital de giro.

Essa é aquela reserva suficiente para suprir a empresa por algum tempo caso não tenha entrada de receitas (algo bem comum no início de qualquer negócio novo).

Entender a diferença entre capital inicial e capital de giro, é fundamental.

Não conhecer seu público, seus hábitos de consumo, sua cultura e costumes são chaves certas para o fracasso.

Assim como, em negócios físicos, principalmente, a má localização, e a falta de diferencial competitivo, podem contribuir para o insucesso.

E para fechar esta lista, outros grandes erros são: ignorar o estudo do mercado e concorrentes, errar nos fornecedores e ter uma equipe ineficiente.

Dicas de Gestão Financeira Empresarial: Provisionamento das Despesas de Contas a Pagar

Ao pensar em contas financeiras a pagar, logo vem a mente às despesas fixas e variáveis, registra-las em um sistema de gestão financeira, dará uma previsão sobre o que está por vir.

O conceito de despesa fixa, é aquela despesa que todo mês se repete com mesmo valor, como p por exemplo, “Despesa referente a aluguel” ao valor de R$ 1.500,00.

As contas a pagar que variam de valor a cada mês, são consideradas despesas variáveis, e devem ser categorizadas separadamente de acordo com a sua natureza.

E não significa que é variável, que ela não possa ser provisionada, uma conta de energia que costuma variar entre R$ 400,00 e R$ 600,00 por exemplo, pode ser provisionada com um valor médio de R$ 500,00.

Veja abaixo os principais gastos que as empresas costumam ter:

  • Compras de fornecedores
  • Despesas com consumo (papelaria, limpeza, lanches)
  • Aluguel, água, energia, internet, telefone
  • Folha de pagamento
  • Empréstimos e financiamentos
  • Juros e taxas

Com estas informações devidamente lançadas em um bom sistema de gestão empresarial, o planejamento para as próximas compras e dívidas assumidas se darão com maior consciência.

E assim a saúde da gestão financeira de seu negócio entra em equilíbrio.

Evite juros deixando as contas em atraso.

Uma boa negociação com seus fornecedores poderá garantir além de um bom desconto, um prazo importante para pagamento, evitando as altíssimas taxas de uma antecipação de crédito aos seus recebimentos.

Previsibilidade nas Receitas

A medida que seu negócio vai fluindo, é possível prever o quanto de dinheiro irá entrar em sua empresa, por meio das contas a receber naquele mês e também de gráficos comparativos de faturamento anual, analisar e prever o recebimento para os próximos meses e assim organizar os investimentos necessários para a progressão da empresa.

Esteja atento também aos inadimplentes, afinal uma receita não recebida, a longo prazo, culminará em despesas para cobrir o caixa. Não deixe de ler este artigo sobre como reduzir a inadimplência.

A totalização das receitas e despesas quitadas, dá origem ao fluxo de caixa, e por meio dele é possível analisar todas estas entradas e saídas financeiras e, caso haja qualquer falha, entender o dia que houve e fazer a devida correção.

Conciliação bancária

Por meio dos sistemas de gestão financeira, é possível separar os lançamentos por contas financeiras, exemplo, conta corrente, conta poupança, tesouraria, etc.

E, por mais organizado que você seja, é possível que nem todo lançamento feito no seu sistema, esteja em conformidade ao que está realmente em sua conta bancária.

Para isto existem os módulos de conciliação bancária, com ele é possível lançar o extrato bancário para dentro do sistema, e analisar cada registro, identificando-os e em poucos cliques conciliar e quitar no sistema.

Ferramenta para automação dos processos

No início, o próprio empresário não acredita no fluxo de registros que terá que concentrar sobre os primeiros meses de seu negócio, e somado a isto, há aquele sentimento de que tudo é custo, afinal abrir um negócio não é nada fácil.

E nesta categoria dos custos, talvez um dos maiores erros seja não utilizar uma ferramenta de gestão financeira para controlar, desde os primórdios, tudo que irá passar por ali.

No mercado existem várias opções de sistemas de gestão empresarial.

As opções online proporcionam mais flexibilidade e menos custos com máquinas e dores de cabeça com instalações.

O UpGestão é uma excelente alternativa, com telas intuitivas, um sistema rápido e eficiente para que você mantenha seu foco em seu negócio.

Experimente agora e profissionalize sua empresa.

Dicas de Gestão Financeira Empresarial

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

pesquisar no blog

Acompanhe nosso blog

Receba novidades, artigos e saiba tudo da UPGestão. Inscreva-se em nossa newsletter.

CONTEÚDOS ESPECIAIS PARA VOCÊ

Posts Relacionados

Venha ser Parceiro da UpGestão

O UpGestão é um sistema de gestão ERP online que abrange todas as necessidades de administração do negócio de forma simples, prática e segura.

Muitas empresas buscam uma solução para conduzir o presente com eficiência e construir o futuro com confiança.

Venha fazer parte de uma parceria vencedora que elas estão esperando!

Marque uma reunião sem compromisso pelo telefone/whatsapp